Times de Marketing: como estruturar, contratar e escalar o seu

Vamos partir do princípio que você não é especialista e precisa montar um departamento de Marketing. Vamos aceitar que o Marketing é uma ferramenta poderosa para alavancar seu negócio. Acreditemos que você já tem evidências suficientes para acreditar nessa premissa.

 

Precisando de conteúdo para seu site/blog?

RedaWeb

Diante dessa situação, o primeiro passo é entender quais são as suas necessidades de Marketing. Embora seja um valor universal, que se aplica a qualquer tipo de negócio, cada empresa possui suas próprias características.

Você pode ter as perspectivas de um negócio de alto investimento ou uma startup com poucos recursos. Você pode ser uma empresa de serviços ou uma indústria. Pode ser um negócio digital. Ninguém conhece o seu negócio como você.

O problema é que você não tem a mínima noção de como estruturar um departamento de Marketing. Nesse caso, você precisa de um profissional capaz de entender o seu negócio, saber quais são os recursos financeiros disponíveis e conhecer seus objetivos. A partir desse entendimento, ele terá como pensar o seu departamento de Marketing, suprindo todas as necessidades.

A importância do orçamento de Marketing

O passo seguinte é você sentar com esse profissional e definir o orçamento de Marketing. Ele pode bolar o departamento mais complexo e matador do mundo, mas de nada isso adiantará se não houver recursos. Logo, é essencial que você defina com esse profissional qual o orçamento.

Em algum momento, você terá que alinhar seus objetivos e suas estratégias às possibilidades financeiras. Esse é o momento.

Mapeando as necessidades e funções

O mapeamento das necessidades e funções a serem preenchidas precede e sucede o orçamento. O primeiro mapeamento é o ideal, o segundo é o possível com base nos recursos disponíveis. Em alguns casos, será necessário até mesmo rever os objetivos, tornando-os realistas.

O produto de todo esse processo é você definir quais são as habilidades que precisam ser preenchidas. Essa é a senha para definir quais e quantos profissionais precisarão ser contratados. Além disso, é preciso saber qual o tamanho da equipe que cabe no orçamento.

Não esqueça que formar times de Marketing não é todo o processo. É preciso que os recursos sejam capazes de formar a equipe e garantir a execução das campanhas. Por isso é tão importante ter um profissional da área para fazer esse equilíbrio, que pode ser um funcionário contratado ou um consultor. É uma questão de custo e planejamento.

O mais importante, porém, é você ter a certeza de quais atribuições precisam ser preenchidas. Em médias e grandes empresas, é possível contratar um time inteiro. Em empresas pequenas, a melhor alternativa é terceirizar parte do serviço. Há casos em que um único profissional pode dar conta da demanda. Mesmo grandes empresas terceirizam serviços de Marketing. O melhor critério para definir essa questão é a taxa de ocupação estimada para cada uma das diversas funções. Não vale a pena ter um funcionário full time para ter uma ocupação de duas horas por dia.

Em outras palavras, é preciso estar atento à relação custo-benefício, de modo a obter os melhores resultados com o menor custo.

Gostou desse artigo? Ele foi produzido pela RedaWeb. Somos uma agência especializada em Marketing de Conteúdo. Ajudamos seu negócio a prosperar atraindo pessoas que procuram pelo que você tem a oferecer. Para mais informações, entre em contato conosco por meio do nosso site ou do 0800 750 5564.

2018-12-13T10:02:36+00:00 dezembro, 2018|Categories: Marketing de Conteúdo|Comentários desativados em Times de Marketing: como estruturar, contratar e escalar o seu