Sinônimos e antônimos: por que são fundamentais para uma redação épica?

Escrever é uma arte, que envolve uma série de habilidades que convergem para um produto final. Esse produto final é aquele que pretendemos entregar às pessoas a quem tentamos convencer, esclarecer, informar, instruir ou encantar.

Precisando de conteúdo para seu site/blog?

RedaWeb

Observe que falamos de objetivos diversos, os quais pretendemos alcançar com a escrita, o que nos impõe uma enorme capacidade de comunicação e algum requinte estilístico.

Acima de tudo, para que a escrita alcance o seu objetivo, é determinante que a mensagem seja decodificada pelo destinatário. Isso implica um processo que inclui atrair a atenção do leitor, encantá-lo, retê-lo e conduzi-lo rumo à linha de chegada, que é para onde desejemos levá-lo.

No esforço de conduzi-lo, precisamos tomar cuidado com uma série de armadilhas da escrita, que podem até levar o leitor a abandonar o artigo. Falta de clareza, concordância ruim, abordagem prolixa e outras mazelas podem transformar um artigo em um verdadeiro tiro no pé.

Sinônimos

Um desses problemas é o uso repetido da mesma palavra em diversos pontos de um mesmo período, parágrafo ou texto. Em alguns casos, por força de estilo, tentamos reforçar a ideia através da repetição da palavra, mas mesmo nesse caso podemos fazê-lo recorrendo a um sinônimo.

Na maioria dos casos, no entanto, trata-se de um vício de linguagem, que torna o texto monótono, entediante, aparentando ser repetitivo. Se em um parágrafo você precisa se referir várias vezes aos “atletas”, não repita “atletas”. Use “esportistas” ou “praticantes de esporte em alto nível”. Isso mostrará riqueza de ideias, domínio do tema e da língua.

Antônimos

Uma outra forma de enriquecer um texto e eliminar as terríveis repetições da mesma palavras é a utilização de antônimos, que, em alguns casos, podem acentuar a ideia a ser transmitida.

“Sempre que se sentia descontente, Jayme sabia que estava descontente por causa da ausência dela.”

Observando a frase acima, que tal trocar por:

“Sempre que se sentia descontente, Jayme sabia que não estava feliz por causa dela.”

Acima é uma troca direta por um antônimo. Podemos melhorar mexendo mais na estrutura da frase, de modo a enriquecê-la.

“Sem que se sentia descontente, Jayme percebia que não poderia haver alegria sem ela”.

Gostou desse conteúdo? Ele foi produzido pela Redaweb.

Se você deseja usar o marketing de conteúdo para incrementar os resultados do seu negócio, só entrar em contato conosco pelo nosso site ou através do 0800 750 5564

2018-05-10T10:24:09+00:00 maio, 2018|Categories: Marketing de Conteúdo|Comentários desativados em Sinônimos e antônimos: por que são fundamentais para uma redação épica?