Plágio online: por que evitá-lo pode salvar sua carreira?

Vamos direto ao assunto? Existe uma lei de Direitos Autorais, a 9610, de 1998. Essa lei enquadra como plágio qualquer reprodução não autorizada, em qualquer meio, de trabalho intelectual de terceiro.

Precisando de conteúdo para seu site/blog?

RedaWeb

É proibido publicar, transmitir, retransmitir ou distribuir uma obra sem que haja autorização formal do autor.

Há um aspecto no âmbito do marketing de conteúdo que expõe de forma magnífica por que evitar o plágio online pode salvar sua carreira de copywriter. O conteúdo é elaborada por um autor, que concede os direitos autorais a um terceiro, que é o cliente.

Ora vejamos, se, porventura, o autor intelectual do texto incorrer em plágio, o crime recai, a princípio, sobre o cliente que comprou o material ilegal.

Sim, é ilegal. Trata-se de um delito, previsto no código penal, com pena de detenção de 3 a 12 meses.

Imagine se o seu cliente é detido por causa de um texto plagiado que você escreveu, mas a cedeu a ele a propriedade intelectual de algo onde o que menos teve foi trabalho intelectual…

Não é só isso

Tudo bem que o exemplo acima é um caso extremo e nenhum produtor de conteúdo seria suficientemente leviano ao ponto de fazer uma cópia de um texto de terceiros para entregar ao cliente.

Muitos profissionais, no entanto, recorrem a uma outra prática, que é a paráfrase, ou refrito. Nada mais é que reescrever com outras palavras o conteúdo de terceiros, sem nada de novo agregar.

A única forma de uma paráfrase não ser considerada plágio é você fazer referência ao autor. Porém, se era para isso, não precisava contratar um produtor de conteúdo. Afinal de contas, se é produtor, não é reprodutor.

Qual a forma correta?

Se você deseja ser produtor de conteúdo, certifique-se de que tem perfil para isso. Escrever é só uma fase do processo.

Sempre que receber uma pauta, inicie uma pesquisa. Leia sobre o tema, faça anotações, cruze informações diversas, aprofunde temas secundários ao tema principal para enriquecer a massa de informações que você irá entregar no seu texto.

Procure entender o tema, ainda que de forma mais genérica. Se você conseguir responder algumas perguntas ( o que, por que, quem, para que, quando, onde?), já deu um grande passo.

Você, como produtor de conteúdo, não vai mudar as informações, exceto você tenha autoridade intelectual para isso. Nesse caso, seria ótimo, porque agregaria valor ao texto. Na maior parte dos casos, entretanto, você vai reproduzir informações. Sendo assim, para evitar o plágio online e o fim de sua carreira, retire a informação de várias fontes, estruture o seu texto e faça diferente.

Pesquise, investigue e seja diferenciado!

Se você gostou desse artigo sobre plágio online e gostaria de melhorar o marketing de conteúdo de sua empresa, entre em contato com a Redaweb através do site ou do 0800 750 5564.

2018-04-27T13:53:25+00:00 abril, 2018|Categories: Marketing de Conteúdo|Comentários desativados em Plágio online: por que evitá-lo pode salvar sua carreira?