Dicionário do marketing de conteúdo

Chegar a ser uma referência no mercado requer um caminho com planejamento e estratégia. E a principal arma para atrair clientes em potencial é criando conteúdos de qualidade. Para que isso aconteça é preciso usar o Marketing de Conteúdo, principal ação para criar engajamento no público-alvo e ampliar a rede de clientes e prósperos.

 

Precisando de conteúdo para seu site/blog?

RedaWeb

Além disso é muito eficaz em trazer valor e relevância da marca ao seu público. Um conteúdo assertivo é capaz de transformar a percepção que se tem da marca, de forma positiva e capaz de incentivar a sua divulgação voluntária e afetiva. Para o profissional de marketing de conteúdo, é essencial conhecer as ferramentas e termos utilizados para realizar o trabalho com qualidade. Isso porque cada termo possui um significado essencial para a prática do planejamento na área.

Termos mais utilizados no marketing de conteúdo

Para facilitar a compreensão das ações do marketing de conteúdo, listamos abaixo os termos mais comuns utilizados:

  • Analytics: É a coleta de dados para a produção de relatórios que ajudam a avaliar o comportamento dos leitores do site ou blog. O termo está presente no Google Analytics, a mais importante ferramenta de coleta de dados de conteúdo;
  • Automação de marketing: São praticas utilizadas para agilizar e simplificar as ações de aplicadas nos conteúdos, capaz de atrair os prospect e levá-lo até a compra do produto;
  • Blog: criado como um tipo de diário eletrônico, logo o blog se transformou numa das principais plataformas de mídias digitais. O site é composto por posts, em formato de artigos, que podem incluir vídeos e fotos para enriquecer a publicação. Os blogs corporativos são criados e mantidos por empresas, para efetivar as estratégias de marketing;
  • Branded Content: é uma peça publicitária que possui o intuito de entreter o consumidor;
  • Buyer Persona: são personagens criados para definir o cliente ideal para a empresa, que ajudam a orientar as estratégias do marketing de conteúdo;
  • Calls-to-Action: é mais conhecido pela sigla CTA, que permite ao leitor ir até outro local. Pode ser em formato de textos ou imagens, na maior parte das vezes fazendo o caminho do site ou da rede social da marca;
  • Conteúdo: é a ferramenta mais relevante, capaz de atrair novos clientes e estabelecer vínculos com os já existentes. Já o conteúdo evergreen designa publicações que podem ser lidas em qualquer época, com a mesma importância;
  • Conversão: o termo é atribuído ao resultado de uma ação que buscava uma atitude do leitor. Funciona em cliques que foram acionados, pesquisas realizadas entre outros;
  • Dynamic Content: são conteúdos que mudam de acordo com o perfil do usuário;
  • Ebook: é um livro digital e muito comum em estratégias de marketing;
  • Funil de Vendas: é a forma de identificar o caminho seguido pelo consumidor até a compra. Ele é seguido desde a identificação do problema até o encontro da solução;
  • Geração de Leads: é a oportunidade de negócios criadas pelo marketing de conteúdo;
  • Hashtag: é identificada pelo símbolo # seguido por uma frase ou palavra que leva até uma mensagem, assunto ou tópico;
  • Inside Sales: são as vendas sem contato presencial;
  • Keywords: palavras chaves usadas de forma estratégica, para agilizar a pesquisa em sites de busca;
  • Leads: é quando um visitante interage com o conteúdo e se torna um possível consumidor;
  • Link Building: é um link criado para facilitar a busca em sites de pesquisa. Quanto mais qualidade ele tiver, maiores serão os tráfegos;
  • Off page: tudo que está do lado de fora de um site, mas exerce influência sobre ele;
  • On page: tudo que está dentro de um site e dão suporte ao keywords e outros;
  • Podcast: são programas gravados em série, em formato de áudio e que fidelizam ouvintes. O videocast tem a mesma função, mas em formato de vídeo;
  • Post: é o conteúdo publicado no post;
  • Responsivo: é quando um site ou blog consegue adaptar seu formato em smartphones e outros, sem perder a qualidade do design;
  • ROI: principal maneira de mensurar uma estratégia de marketing de conteúdo;
  • SEO: são métodos de otimizar os mecanismos de busca, para colocar o conteúdo em destaque;
  • Template: é a representação de uma página visualmente;
  • Webinar: são apresentações transmitidas pela internet.

Conhecer os termos usados pelo Marketing de Conteúdo é um grande facilitador para ter resultados mais assertivos. Saiba melhor o que é “podcast” e “template”, entre outros, no site da RedaWeb. Aproveite para conhecer nossos planos de criação de conteúdo!

2019-02-26T11:42:26+00:00 fevereiro, 2019|Categories: Marketing de Conteúdo|Comentários desativados em Dicionário do marketing de conteúdo