Aprenda como o marketing de guerrilha funciona e como chamar atenção com criatividade !

O que as campanhas da Coca-Cola e da Pepsi têm em comum? E as campanhas do Burger King e do McDonald’s? E da Microsoft com relação a Apple? Sim, elas têm algo em comum e não à toa, sempre que vemos uma destas propagandas acabamos “hipnotizados”, pensando na mensagem que trazem e claro, pensando de forma positiva na marca que as divulga.

 

Precisando de conteúdo para seu site/blog?

RedaWeb

A resposta é o “marketing de guerrilha”.

Mas o que é o Marketing de Guerrilha?

De forma direta, o marketing de guerrilha é algo que acompanhamos constantemente nas mídias e traz resultados práticos, justamente por uma combinação de criatividade, bom senso na criação das mensagens e planejamento para conhecer e impactar do jeito certo o público-alvo.

A inspiração surgiu da guerra do Vietnã, justamente pelo efeito prático que a mesma teve nos próprios americanos, ao ver vietnamitas simples e sem qualquer razão acabarem assassinados. O publicitário americano Jay Conrad Levinson foi o criador deste conceito e o responsável por começar a praticá-lo na publicidade.

A abordagem se dá por meio da criação de campanhas em texto, artes e vídeos, que tenham por propósito impactar o público da marca concorrente sem ser ofensivo, mas despertando o interesse a curiosidade de experimentação. Pode ser divertida, pode ser de conscientização para uma causa social, pode ser para apimentar o mercado e até para incrementar ações de co-marketing.

O que é necessário para aplicar o Marketing de Guerrilha?

Para tanto, é necessário:

  • Conhecer o público a que se quer atingir;
  • Tomar cuidado ao criar as campanhas para não ofender ou prejudicar;
  • Executar conforme o planejamento, no momento mais oportuno.

Existem cases de sucesso do Marketing de Guerrilha?

Há alguns anos, a Pepsi veiculou uma campanha na qual um garotinho tentava pegar um refrigerante da geladeira da marca e não conseguia. Em compensação, o refrigerante da concorrente Coca-Cola estava mais perto. Ele, obviamente, pegou a latinha da Coca-Cola.

E a colocou no chão, para subir e então pegar a sua Pepsi.

A Coca-Cola deu o troco. Foi à Justiça e conseguiu que a propaganda fosse proibida. Isto não impediu que a Pepsi lançasse outras campanhas, como a dos Motoristas de ambas as marcas, que no bar, trocam as bebidas para provar. O da Pepsi devolve a lata da Coca ao amigo. O da Coca-Cola não.

Outra ação de marketing de guerrilha interessante e que chega a ser engraçada é a que a Burguer King lançou a algum tempo nos EUA. Para celebrar a paz, a marca resolveu criar uma versão que unia o seu melhor hambúrguer com o do McDonald’s. Divulgou a campanha e colocou o lanche à venda, em uma lanchonete localizada entre outras duas de ambas as empresas. A Caixinha do lanche também era diferente, na cor azul.

Tudo foi um sucesso, até na execução. Só que o McDonald’s não sabia de nada. E a cereja no bolo foi o CEO do Mc respondendo, em nota na rede social, que não havia gostado da atitude.

O Burger King conseguiu destaque, e ainda deixou a outra marca um tanto manchada, pela atitude que foi considerada “egoísta” por muitos seguidores.

Isto é o marketing de guerrilha. E nós da RedaWeb sabemos bem como fazê-lo do jeito que o seu público-alvo se identificará com a sua mensagem. Conheça os nossos planos através do site www.redaweb.com.br ou ligue para 0800 750 5564.

2018-12-13T09:51:27+00:00 dezembro, 2018|Categories: Marketing de Conteúdo|Comentários desativados em Aprenda como o marketing de guerrilha funciona e como chamar atenção com criatividade !